Brasileirão ainda pode apresentar surpresas

O Corinthians ainda lidera, com folga, o Brasileirão, oito pontos à frente, agora, do Santos, o atual perseguidor. A vantagem do Timão, que já chegou a ser de 12 pontos neste campeonato sobre o segundo colocado, já não é mais a mesma. E a equipe de Fábio Carille já deu mostras de cansaço e de queda na competição.

Porém, ainda acredito que o alvinegro ficará com o caneco. Isso porque faltam, relativamente, poucos jogos – mais 12 rodadas, 36 pontos em disputa. E o Santos, do técnico Levir Culpi, não parecer ter fôlego para conseguir alcançar o Timão nesta reta final. Assim como os corintianos, os santistas também devem perder pontos.

O Grêmio, com 9 pontos a menos, e o Palmeiras, com 12, também parecem não ter o mesmo fôlego para alcançar o Corinthians.

Mas a grande emoção nesta reta final parece ser na luta contra o rebaixamento. Do oitavo colocado, o Atlético-PR, ao Avaí, primeiro time dentro da zona de degola, a distância é de apenas quatro pontos (34 a 30). Na prática, são 13 times lutando contra a degola. Com muitos altos e baixos.

Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Neste domingo, por exemplo, o contestadíssimo Oswaldo Oliveira estreou como técnico do Atlético-MG e venceu por 2 a 0, com dois gols de Robinho, dando um respiro na briga contra o rebaixamento. Mas ainda nada de conforto.

Na próxima rodada, o Galo vai receber o São Paulo. O Tricolor, que neste domingo venceu o Sport por 1 a 0, graças à grande atuação do goleiro Sidão, deixou o Z-4, mas tem apenas um pontos a mais do que o Avaí. E, apesar deste princípio de reação, está bem longe de apresentar um futebol bonito, vistoso e confiável na luta contra a degola.

E, quem diria, até o lanterninha Atlético-GO, do lendário atacante Walter, começa a se animar. Lanterna, com 25 pontos, tem cinco a menos do que o Sport, primeiro time fora da zona de rebaixamento. Tem conseguido boas vitórias fora de casa neste segundo turno e pode até surpreender nessa gangorra da luta contra a degola.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *