Cheirinho de hepta de verdade

Ainda restam mais seis rodadas (18 pontos) até o final do Campeonato Brasileiro. O Corinthians tem seis pontos de vantagem sobre o novo vice-líder, o Santos. Porém, entendo que é praticamente impossível alguém alcançá-lo.

Com a vitória por 3 a 2 sobre o Palmeiras, neste domingo, tirou o Verdão da briga, colocou oito pontos de vantagem sobre o arquirrival e agora vê o Peixe como ‘perseguidor’.

O Santos, porém, tem três vitórias a menos. Para assumir a liderança, por exemplo, precisa vencer os três próximos jogos e torcer por três derrotas do Corinthians, ou ao menos empatar um, mantendo a improvável sequência de derrotas dos corintianos.

Além disso, contra o Palmeiras, o time do técnico Fábio Carille voltou a jogar com muita consistência, ao menos no primeiro tempo, e aliviou a pressão, além de ganhar muita moral após quatro jogos sem vitória.

O torcedor corintiano, esse sim, já pode sentir o cheirinho do hepta chegando.

**************

No clássico deste domingo, o Corinthians foi irretocável. Fez o que tinha que ser feito e o que dava para ser feito. Entrou em campo pilhado, a 200 km/h e foi premiado com três gols. O Palmeiras não teve a mesma pegada. E pagou o pato.

No segundo tempo, naturalmente o fôlego do Timão diminuiu. E o Palmeiras teve mais volume. Mas, com inteligência, o Corinthians soube evitar uma pressão maior. Nem mesmo o segundo gol palmeirense desestabilizou o alvinegro. Vitória justa.

***************

O São Paulo, que no sábado venceu o Atlético-GO fora de casa, mostra que está embalado no campeonato. Mas ainda não está livre do rebaixamento, embora seja muito difícil de acontecer, já que está oito pontos à frente do Z-4. Já uma vaga na Libertadores também é complicado. O time está quatro pontos atrás do Flamengo, o sétimo colocado. Pode se classificar também como nono, mas para isso os cariocas têm que ganhar a Sul-Americana e o Grêmio ganhar a Libertadores, para abrir mais duas vagas.

De qualquer maneira, o descenso está praticamente descartado.

**********************

O Santos, se quiser ser campeão, vai ter que ser perfeito nas últimas rodadas. Não pode nem pensar em desperdiçar pontos. Até porque o Corinthians também não deve perder mais tantos pontos. A vitória por 3 a 1 sobre o Atlético-MG de Oswaldo Oliveira foi importante e mostrou poder de reação da equipe no campeonato. Mas, título, está longe.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *