Emoção de sobra na classificação da Bélgica

A classificação da Bélgica para as quartas de final teve requintes de dramaticidade no segundo tempo. A próxima adversária do Brasil na Copa mostrou que tem deficiências. Mas mostrou também poder de superação para virar o placar contra o Japão, na vitória por 3 a 2 nesta segunda-feira, com todos os gols no segundo tempo.

Os japoneses sabiam que tinham poucas chances. Mas souberam aproveitar uma falha individual para abrir o placar logo aos 2min do segundo tempo e também tiveram a felicidade de acertar um belo chute no ângulo, logo em seguida.

A Bélgica ficou atordoada no começo, mas teve personalidade para ir buscar. Tratou de pressional e foi buscar o empate, aproveitando a qualidade individual de seus jogadores e a grande superioridade técnica.

Por outro lado, e também foi uma coisa legal, o Japão não ficou todo atrás. Também foi para o ataque em busca do terceiro gol e teve até algumas chances para isso. Se ficasse o tempo todo atrás, provavelmente não teria aguentado a pressão e teria perdido do mesmo jeito.

No final do jogo, justamente quando estava no ataque, o Japão deixou espaço para os belgas contra-atacarem. E, assim, saiu o terceiro gol no final da partida, definindo o adversário da Seleção Brasileira. A Bélgica, ao menos já repete a campanha da Copa de 2014, quando chegou às quartas de final. Naquele ano, perdeu para a Argentina.

Já o Japão, mais uma vez, para nas oitavas de final. É a terceira vez que eles conseguem chegar à segunda fase do torneio.

Lance da partida entre Bélgica e Japão, nesta segunda-feira. Foto: Fifa/Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *