Messi não mereceria parar na primeira fase

Jogadores da Argentina comemoram o gol de Rojo. Foto: Fifa/Divulgação

A fase de grupos da Copa do Mundo vai se afunilando e os grandes e decisivos confrontos vão acontecendo.O mais espetacular e dramático até agora foi, sem dúvida, a vitória da Argentina por 2 a 1 sobre a Nigéria, pelo grupo D, que garantiu a classificação dos ‘Hermanos’ às oitavas de final.

E que jogão! O craque Messi, que andava meio sumido nas duas primeiras rodadas, mostrou mais uma vez porque é o melhor jogador do mundo e um dos maiores de toda a história. Mesmo com uma seleção argentina terrivelmente limitada, ele conseguiu tirar ‘leite de pedra’ e abriu o placar. Além disso, já havia feito e voltou a fazer outras grandes jogadas.

Mas se Lionel acertava na frente, lá atrás Mascherano vivia um dia desastroso. Quase entregou o outro em passes mal feitos no primeiro tempo e, na etapa final, ainda fez um pênalti totalmente infantil, que gerou o gol de empate nigeriano e quase botou tudo a perder.

Quase no final, Rojo conseguiu decidir a vitória e a classificação argentina. O jogo foi tão dramático que Maradona, que estava acompanhando nas tribunas, passou mal após a partida e precisou ser levado ao hospital. Melhoras a Dom Diego!. E também não seria justo o melhor do mundo cair tão precocemente no Mundial.

Outro destaque negativo do lado argentino é o atacante Higuaín. Simplesmente foi inoperante, não conseguiu produzir nada o jogo todo. Muito abaixo da média.

A classificação da Argentina foi heroica, na raça e na força de vontade, além do talento de Messi. Porém, o time de um modo geral é ruim. E acho que, no sábado, às 11h, não será páreo para a França, ainda mais se os franceses resolverem jogar tudo o que sabem.

******************

Além de fazer o seu resultado, a Argentina também contou com a derrota da Islândia por 2 a 1 para a Croácia, no outro jogo da chave, ocorrido de forma simultânea. Se os islandeses tivessem vencido, por exemplo, os argentinos estariam eliminados no saldo de gols.

Mas os croatas, que já estavam classificados, jogaram com seriedade. E venceram com mérito, garantindo 100% de aproveitamento nesta primeira fase. É um bom time, que poderá dar muito trabalho daqui para frente. Vejo como favoritos no duelo contra a Dinamarca, nas oitavas de final.

E, quanto à Islândia, que disputou sua primeira Copa do Mundo, nada de abaixar a cabeça. O simpático país de pouco mais de 300 mil habitantes não deu vexame. E ainda arrancou um pontinho da Argentina na estreia. Que os guerreiros vikings possam estar no Catar em 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *