O espetacular circuito de Spa-Francorchamps

Ufa! A Fórmula 1 está de volta, após um mês de pausa no calendário. E a volta é em grande estilo, com o espetacular circuito de Spa-Francorchamps, na Bélgica, iniciando a segunda metade do campeonato em 2017. Um autódromo de altíssima velocidade, com freadas duras e, consequentemente, que exigem muito dos carros e dos pilotos. Poucos sabem, mas o nome do local se dá por conta do traçado passar pelas duas cidades (Spa e Francorchamps).
Geralmente, costuma chover nesta prova, deixando a disputa ainda mais emocionante. Difícil de esquecer a largada do GP da Bélgica de 1998, onde simplesmente 13 carros se engalfinharam na largada e a corrida teve até bandeira vermelha. Naquele ano, o finlandês boa-praça Mika Hakkinenn venceu a corrida e também faturou o seu primeiro título, quando corria pela McLaren. Sorte minha, que naquele ano troquei um churrasco com futebol para acompanhar a corrida. Sem nenhum arrependimento!

O GP da Bélgica é um prato cheio para os amantes do automobilismo. Imperdível. Para nós, saudosistas do maior de todos, é impossível não se lembrar das vitórias de Ayrton Senna no circuito. Foram cinco ao todo, quatro delas consecutivas, entre 1988 e 1991 – a primeira foi em 1985, com a Lotus. Só não ganhou mais porque nas outras provas não tinha carro para isso. Sempre que teve o melhor carro, ganhou e com sobras. Além dele, o único a vencer quatro vezes seguidas em Spa foi o britânico Jim Clark, entre 1962 e 1965.
Mas, falando da prova deste domingo, a briga pentre Sebastian Vettel e Lewis Hamilton promete ser sensacional. Dois pilotos de altíssimo nível, disputando ponto a ponto o título mundial, em equipes diferentes e em um dos melhores circuitos da Fórmula 1. Um belo pretexto para acompanhar a categoria, que só tem Felipe Massa entre os brasileiros e mesmo assim muito longe de sonhar com uma vitória. Só sei que, neste domingo pela manhã, não tem nada mais sagrado do que a Fórmula 1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *