Pesadelo argentino

Depois de quase nem se classificar para a Copa do Mundo, a Argentina parece ter ido à Rússia apenas passar vexame. Primeiro, empatou por 1 a 1 contra a debutante Islândia. E, nesta quinta-feira, foi simplesmente atropelada pela Croácia, na segunda rodada do grupo D, com uma derrota de 3 a 0 que poderia até ter sido de mais.

O time do craque Messi – que parece jogar sozinho – teve uma atuação horrorosa e até bizarra. O primeiro gol contou com uma falha surreal do goleiro Caballero, que tentou chutar a bola e deu de presente ao adversário.

Isso sem contar os erros de passe e a inoperância ofensiva. Em Copas do Mundo, desde 1986, quando comecei a acompanhar futebol, essa atuação da Argentina foi a pior de todas até agora. Pior até mesmo do que a goleada de 4 a 0 sofrida em 2010 para a Alemanha, nas quartas de final.

Agora, se a equipe do técnico Jorge Sampaoli quiser se classificar, terá que vencer a Nigéria na última rodada e ainda torcer por tropeço da Islândia, dependendo do resultado do jogo desta sexta-feira.

Realmente, uma atuação para ser esquecida. E o gênio Messi, cercado de companheiros muito abaixo da média, pouco pode fazer. Antes do jogo contra os croatas, na hora do hino, o atleta já estava com a mão na testa, quando parecia pressentir algo de ruim.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *