Vai começar a temporada!

Ufa! Acabou aquele período chato sem futebol no Brasil. Nesta quarta-feira, começam os campeonatos estaduais, que muitos são contra, mas particularmente os acho sensacionais, pois são a única chance dos times do interior se destacarem atualmente.

No Campeonato Paulista, o atual campeão Corinthians estreia justamente contra a Ponte Preta, vice no ano passado. O Timão, também atual campeão brasileiro, perdeu algumas peças importantes, como Jô e Guilherme Arana. Mas tem um trunfo importante: a filosofia de jogo, desde os tempos de Tite. Aliás, desde os tempos de Mano Menezes, em 2008, e que vem resultando em títulos atrás de títulos.

O Palmeiras, que já tinha investido nos últimos anos, investiu mais ainda para 2018, trazendo nomes como Lucas Lima e agora Gustavo Scarpa. O Verdão vem forte na temporada. E, como não ganha o Paulistão desde 2008, vai tentar acabar com o incômodo jejum.

Outro que não ganha o Paulistão há anos é o São Paulo, desde 2005. O Tricolor, que no primeiro semestre não disputará a Libertadores, poderá se dedicar quase que integralmente ao Estadual – também está na disputa da Copa do Brasil. E o time comandado pelo técnico Dorival Júnior, que se livrou do rebaixamento no Brasileirão em 2017, terá que se reinventar em 2018 para fazer bonito.

O Santos, que perdeu Lucas Lima e Ricardo Oliveira, aposta no técnico Jair Ventura, de ótimo trabalho no Botafogo e que agora tenta provar suas qualidades no futebol paulista. Uma coisa é certa: o torcedor santista terá que ter muita paciência ao menos no começo desta temporada.

****************************

E a bola rola também no Vale do Paraíba. O Taubaté estreia nesta quarta-feira no Campeonato Paulista da Série A-2, contra o Água Santa. De cara, uma pedreira. O time visitante, aliás, é comandado pelo técnico Roque Júnior. O Burro da Central investiu, contratou bons jogadores e trouxe o técnico Alberto Félix, vice-campeão no ano passado com o Bragantino. Mas o que pode ajudar ainda mais é que o ídolo Gilsinho agora é o presidente do clube. Figura querida na cidade e de caráter incontestável, pode garantir a credibilidade necessária para o Burrão, finalmente, conseguir voltar à elite em 2019.

E, na Série A-3, o Manthiqueira de Guaratinguetá terá pela frente o Taboão da Serra nesta quarta, no Dario Leite. É o primeiro ano da Laranja Mecânica na divisão, após acesso no ano passado. O time conhecido pela cartilha do fair play aposta novamente no trabalho da técnica Nilmara Alves. Mas, inicialmente, a meta é evitar o rebaixamento e depois, se embalar, sonhar com algo maior. O investimento é modesto, com uma base mantida do ano passado. Agora é esperar para ver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *